Para saber mais.

 

Mobilidade, Educação e Comunicação.

 

Antônio A. F. Quevedo,
José Raimundo de Oliveira e
Maria Teresa Egler Mantoan.
(orgs) WVA, Rio de Janeiro 2000.

 

Este livro se propõe a discutir e a formar redes de conhecimento sobre a acessibilidade, no seu sentido mais amplo. Entendemos acessibilidade como a condição pela qual o indivíduo, independentemente de suas habilidades e competências, pode interagir plena e adequadamente com o meio em que vive. Não limitamos o conceito a questões arquitetônicas, como comumente ocorre. Em decorrência do tratamento que damos a esse assunto, os trabalhos aqui apresentados distinguem-se pela interdisciplinaridade e não perdem de vista o indivíduo como um todo. A intenção é poder entender e atender às diferenças, ou seja, compreender os seres humanos nas suas singularidades, buscando os melhores meios para ultrapassar as barreiras de locomoção, comunicação e aprendizagem que nos dificultam o desenvolvimento e a adaptação social, física, escolar.

[ Página anterior ] [ Página principal ]

 

Estatísticas de visitas. Site externo.